O sono das mães só volta ao normal 6 anos após ter tido o bebê; entenda

Dormir pode parecer uma missão impossível nos primeiros meses com um bebê em casa

As novas mães sempre têm muitas dúvidas e perguntas a respeito de como lidar com o bebê. Como por exemplo fazê-lo adormecer, e também como fazer com que a criança permaneça dormindo o tempo necessário. Isso muitas vezes poderá parecer para as novas mais ser algo impossível de ser realizar.

Principalmente nos primeiros dias após o nascimento da criança, isso pode ser uma tarefa um tanto quanto difícil para as mães. E pode ser algo complicado não sós nos primeiros dias como nos próximos meses de vida da criança. Mas que irá passar com o tempo.

PUBLICIDADE

E não existe nenhum tipo de regra ou até mesmo estratégia para mudar isso, dependerá apenas do bebê. Mas, pensando nas horas de sono perdidas dos pais, o portal Owler Baby Care decidiu fazer uma investigação a respeito de quantas horas de sono os pais tem durante todas as noites.

Eles chegaram a conclusão de que os pais conseguem ter cerca de três horas de sono total por noite, após a chegada d bebê.

PUBLICIDADE

Um estudo que foi realizado entre a Universidade de Oxford e a Sociedade de Pesquisado Sono, também revelou um fato a respeito do sono dos pais nestes períodos iniciais.Eles obtiveram dados de que o período de menor tempo de sono atingido pelos pais de recém-nascidos está nos três primeiros meses após o nascimento da criança.

Além disso, também foi descoberto que mesmo após seis anos do nascimento, do sono dos pais ainda não está totalmente recuperado, e vai se recuperando e voltando ao normal após este período.

PUBLICIDADE

Muitas mulheres acabam tendo um período de 62 minutos de sono reduzido por noite, enquanto o homem tem 13 minutos de sono reduzido por noite. Esta diferença se dá devido a amamentação.

Após 6 anos, as mães passam a dormir 20 minutos a menos e os pais 15 minutos. Embora a chegada de uma criança na família seja motivo de alegria, isso aumenta muito a responsabilidade dos pais, e isso pode interferir diretamente no sono.

Qual sua opinião a respeito desse tema? Deixe registrado aqui o seu comentário. Ele é sempre de grandiosa importância para toda a nossa equipe e sempre auxilia no debate de temas com relevância para a nossa sociedade.

PUBLICIDADE

Escrito por Juliana De Oliveira

Redatora nas horas vagas, adoro escrever sobre famosos, notícias, culinária e assuntos diversos. Contato: [email protected]