Insônia: dicas alimentares para você vencer esta vilã.

No Brasil, a insônia atinge milhões de pessoas. Veja as dicas para combater este distúrbio.

São vários os fatores que levam uma pessoa a ter insônia: ansiedade, dor crônica, depressão, gravidez, estresse, menopausa, porém muitas vezes um simples hábito alimentar pode comprometer sua uma boa noite de sono.

Qual importância do sono?

PUBLICIDADE

Além de ser essencial para produzir hormônios do crescimento, o sono é importante para seu descanso, pois uma noite mal dormida pode afetar seu humor, trazendo irritabilidade e até instabilidade mental.

O que pode causar a insônia?

PUBLICIDADE

Diversos fatores, tais como os citados anteriormente pode causar insônia e se for o caso, é necessário o acompanhamento médico, mas também é essencial dar atenção para seus hábitos alimentares.

Sua alimentação também está ligada à qualidade do sono, desta forma, ter o registro dos alimentos que costuma consumir é considerável para ter um controle de alimentos que podem prejudicar seu sono.

PUBLICIDADE

Cafeína

Não é só o café que contém cafeína. Chocolate, chás, refrigerantes também possui este componente que deve ser evitado à noite e após o meio da tarde. Dê preferência de consumo no período da manhã.

Álcool

Tomar bebida alcoólica antes de dormir pode estimular o sono, no entanto, o excesso pode fazer com que você acorde cedo demais ou tenha o sono interrompido durante a noite.

Açúcar

Alimentos ricos em açúcar, se consumidos antes de dormir pode aumentar a glicose em seu corpo, fazendo com que ele inicie um movimento para estabilizar os níveis de açúcar, atrapalhando seu sono.

Refeições antes de dormir

Comer muito tarde pode comprometer sua noite de sono, principalmente se sua refeição for pesada e muito condimentada. O sistema digestivo não tem o mesmo desempenho à noite como durante o dia. Assim, é aconselhado fazer sua última refeição três horas antes de dormir.

Também não é aconselhável fazer uma dieta de baixa caloria, que pode lhe causar fome e lhe acordar no meio da noite.

Alimentos proteicos

Peru, frango, leite, queijo, brócolis, soja entre outros são alimentos ricos em proteínas e que contém o triptofano, aminoácido importante que induz ao sono. O triptofano, no cérebro, é convertido em um neurotransmissor chamado serotonina que melhora sua qualidade do sono.

Chá

O chá de ervas é uma alternativa para as bebidas com cafeína. Camomila, hortelã e valeriana são eficientes na indução do sono e pode ser adoçado com mel, que também age como sedativo natural.

 

PUBLICIDADE

Escrito por Karen Rodrigues

Redatora de assuntos da atualidade, artigos que abrangem diversas temáticas e seguem novas tendências.