Dono de supermercado surta e para livrar os clientes do coronavírus coloca fogo no supermercado

De acordo com o proprietário, ele surtou ao ver os clientes comprando uma quantidade excessiva de álcool em gel e papel higiênico.

O dono de um supermercado na Austrália, teve uma ideia muito estranha, afirmou que colocou fogo no mercado para proteger os clientes contra a covid-19, um surto mesmo.

Já faz um tempo que esse incidente aconteceu, mas só agora teve a audiência, o dono do supermercado Edward Mason, confessou que ficou obcecado pela higienização do estabelecimento, os clientes sempre estavam preocupados por causa do coronavírus, eles sempre perguntavam se tudo estava limpo.

PUBLICIDADE

De acordo com o proprietário, ele surtou ao ver os clientes comprando uma quantidade excessiva de álcool em gel e papel higiênico.

O advogado de Edward, disse que o seu cliente tomou uma decisão para acabar com o coronavírus, ele já acreditava ter contraído o vírus, pois havia recebido muitas mercadorias vindas da China, por isso decidiu queimar tudo.

PUBLICIDADE

Mas antes de pôr fogo no estabelecimento, o comerciante disse que fumou vários cachimbos de maconha.

Segundo a BBC News, o prejuízo está estimado em mais de 3 milhões de reais, o dono do supermercado foi condenado há mais de um ano de prisão, mas por Edward não ter antecedentes criminais, o juiz tomou a decisão de suspender a sentença.

PUBLICIDADE

O juiz afirmou que o comerciante está muito abalado por causa da pandemia e ouvindo as notícias que o vírus está alastrando rápido em todo o país, o homem surtou. Edward está tomando medicamentos contra depressão e já está tendo melhora no seu quadro de saúde mental.

PUBLICIDADE

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.