Saulo Meneghetti não precisou fazer transplante de córneas e sua visão melhorou com outra solução

Saulo Meneghetti não precisou fazer transplante de córneas e sua visão melhorou com outra solução: lentes

Saulo Meneghetti está com 34 anos e é nascido em Chapecó, Santa Catarina. Ele tem como profissão ator, artista plástico modelo. O seu trabalho como artista plástico teve início aos 12 anos de idade.

Em 2004, ele começou a carreira de modelo. Em 2008 começou a atuar na televisão o seu primeiro papel foi na telenovela Os Mutantes. Mas, em 2016, Saulo teve grande destaque na atuação como um abolicionista, Charles, na Escrava Mãe.

PUBLICIDADE

Na sua família, seu pai arquiteto e ele é sobrinho da famosa Monique Evans, como também é primo da Bárbara Evans. Na infância de Saulo, ele fez diversos cursos nas artes plásticas para aperfeiçoar seu trabalho. Saulo quando completou 15 anos, foi morar em Porto Alegre para estudar a interpretação de teatro.

Em 2003 ele morou nos Estados Unidos com o objetivo de trabalhar como modelo, inclusive fotografou para duas grandes grifes: Vogue e Stylist. Em 2004, ele se mudou para São Paulo para se profissionalizar como ator. No ano de 2007 e Saulo se formou em artes cênicas e na sequência em teatro musical.

PUBLICIDADE

Lembrando que no ano de 1999 Saulo teve diagnóstico de ceratone, a qual é uma doença que modifica o formato da córnea progressivamente.

Esta a doença ocorre geralmente nos dois olhos e pode ter sintomatologia como: visão desfocada, visão dupla, miopia astigmatismo e fotossensibilidade. Esta doença acomete 1 em cada 2 mil pessoas.

PUBLICIDADE

Saulo estava com 30% de sua visão ativa, porém no último ano a doença aumentou e ele estava com apenas 5% de sua visão. Saulo estava aguardando por um transplante de córnea, quando foi surpreendido em uma consulta médica por uma outra solução para seu caso.

O médico oftalmologista, da cidade de Belo Horizonte, sugeriu uma lente de contato diferenciada. Saulo testou e deu muito certo. Um dos olhos melhorou para 50% sua visão e o outro olho para 30%.

Saulo está feliz por não precisar fazer o transplante de córneas e também com o resultado da lente. Saulo contou que quando divulgou sobre sua doença alguns amigos se afastaram e outros deram apoio. Ele acredita que através da divulgação da sua doença ele pode alertar outras pessoas.

PUBLICIDADE

Escrito por Bior Sima

Colunista de notícias atuais / recentes, bem como matérias diversas: saúde, culinária, maternas, espiritual, casa, política.