Polícia encontra “Casa do horrores” cheia de lixos e 1.300 litros de urina dos próprios moradores armazenados em garrafas

Os moradores viviam no meio de muito lixo, um verdadeiro horror.

A polícia do Cazaquistão por meio de denúncias, foram a um local e ao entrarem na residência ficaram horrorizados, chamaram aquele lugar de “A Casa dos Horrores” havia sujeira por todos os lados e a família vivia no meio de todo aquele lixo.

As autoridades locais descobriram também 1.300 litros de urina que pertencia a família e estavam engarrafados em vidros plásticos.

A casa dos Horrores, assim chamada pelos policiais ficava na cidade de Aktau, no sudoeste do país, vizinhos ligaram para a polícia, após não suportarem mais o mau cheiro vindo daquela casa.

A vigilância sanitária questionou os moradores a respeito de toda aquela sujeira, por que estavam aliviando em garrafas? Eles relataram que aviam perdido o emprego, as contas não foram pagas e houve corte de energia e de água, a única opção que eles encontraram foi se aliviar em garrafas.

Mas além de urina engarrafada, os policiais também encontraram roupas podres, a casa era um imenso depósito de lixo para todos os lados, havia também ratos e baratas andando dentro da casa.

Escrito por Cláudia Lm

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.