Pai teria agredido a filha ao descobrir namoro com Rafael Miguel, segundo advogado

Paulo Cupertino teria agredido a filha após descobrir que ela estaria namorando com Rafael, mesmo após agressões ela continuou o namoro que resultou na morte do jovem.

Paulo Cupertino pai de Isabella, teria agredido a filha quando ficou sabendo do namoro que ela tinha com Rafael, isso foi o que afirmou o advogado da garota, ele ainda está sendo procurado pela polícia por ter assassinado Rafael e os pais no último domingo.

O ator morreu juntamente com a mãe e o pai na porta da casa da namorada eles estariam indo deixar a mesma em casa quando o pai da garota sacou uma arma e desferiu diversos tiros em direção a família, disparo que resultaram nas mortes deles.

PUBLICIDADE

Segundo o advogado Isabella e Rafael estariam namorando desde março do ano passado, “Isabela relatou que o pai deu um tapa nela em novembro de 2018, quando soube do namoro da filha com Rafael”,

No depoimento dela ela já informou a polícia que quando o pai descobriu o namoro ela teria levado um corretivo do pai e que ele não aceitava o namoro pois sempre foi muito possessivo, segundo ela o pai teria ficado com muita raiva.

PUBLICIDADE

Ainda no depoimento que ela presou ela disse que o pai teria atirado no namorado e nos pais dele no momento em que eles estariam chegando na sua casa, “Paulo abriu a porta de dentro e a Miriam perguntou: ‘você que é o pai da Isabela?’. Sendo que ele respondeu: ‘não, sou a mãe dela’. Aí ele abriu o portão de ferro e disse ‘entra’, fechado em seguida. Nesse momento a Miriam disse ‘vamos conversar’ e, logo após isso, o Paulo abriu o portão de ferro, sacou a arma e efetuou vários disparos contra Rafael, seu pai João e a mãe Miriam”.

Isabella foi ao velório do namorado e disse a imprensa que ele foi um herói, deixando a entender que ele teria salvado a vida dela ao impedir que ela fosse atingida pelos disparos que foram efetuados por seu pai.

PUBLICIDADE

Depoimentos

A mãe de Isabela, Vanessa Tibcherani, depôs nesta segunda-feira e disse que o seu marido sempre foi muito violento e tinha o pavio muito curto, ela ainda disse no depoimento que durante esses 21 anos de relacionamento ela já teria sido agredida diversas vezes, disse que isso acontecia com uma certa frequência.

A polícia informou que Paulo já teria respondido pelos crimes de furto, roubo, lesão corporal e ameaças.

A polícia ouviu também duas pessoas além da mãe e da filha, e segundo informações todas essas testemunhas confirmaram que achavam que o crime foi motivado por ciúmes do pai que não aceitava o relacionamento da filha.

O advogado de Isabella ainda informou que ela disse que o pai achava ela muito nova para namorar e por esse motivo nunca viu com bons olhos o namoro que a filha tinha a mais de um ano com Rafael.

 

PUBLICIDADE

Escrito por Juliana De Oliveira

Redatora nas horas vagas, adoro escrever sobre famosos, notícias, culinária e assuntos diversos. Contato: [email protected]