Mulher faz desabafo comovente após sua sogra mudar o nome do seu bebê

A mulher fez um triste desabafo de indignação em relação a atitude de sua sogra.

Uma mulher fez um triste desabafo, após sua sogra ter a coragem de trocar o nome do seu bebê sem o seu consentimento, e ainda revelou o nome do bebê do modo que havia escolhido e não o que realmente era, a sogra fez isso pois supostamente ela havia consultado os astros e havia descobrido que o significado do nome que a nora havia escolhido para a criança não era nada bom.

Diante disso a sogra resolveu por si mesma escolher um outro nome para o bebê, alegando que esse sim seria bom, e traria energias boas para eles, sendo assim, diante de toda a família reunida, ela comunicou o nome que ela havia escolhido especialmente para a criança, o que deixou a mãe do bebê indignada com aquela situação, e resolveu desabafar.

PUBLICIDADE

A mãe conta que tinha uma relação muito boa com a sogra até o momento de ela engravidar, tudo começou bem antes dela se casar, pois quando ela ainda namorava a sogra começou com um comportamento bem incomum, resolveu do nada mudar o apelido da nora, segundo a sogra, ela teria consultado a numerologia, e o resultado do apelido da nora não havia deixado ela satisfeita, dai então ela por si decidiu mudar ele, um apelido que ela possuía desde a sua infância.

A mãe ainda revelou que a atitude que a sogra teve de mudar o apelido dela, deixou seus pais bem decepcionados, mesmo porque foram eles quem escolheram esse apelido para ela quando ainda pequena, mas mesmo assim ela ainda vou arrumando uma maneira de superar essa fase e deixou do jeito que ela queria o apelido.

PUBLICIDADE

A mulher ainda disse, que quando descobriu que estava gravida de uma menina, que ela e o seu marido haviam escolhido um nome em que os dois gostavam e concordavam, quando comunicaram o nome escolhido por eles para a sogra, imediatamente ela falou que precisar consultar a numerologia para saber melhor sobre o nome.O casal logo discordaram da ação da mulher, e a nora disse que independente do que desse, que eles não mudariam o nome escolhido, pois eles gostavam dele, e não havia nada que os fizessem voltar atrás.

Mesmo contra a vontade da nora, a sogra mesmo assim prosseguiu na insistência de fazer a numerologia, mesmo conhecendo pouco sobre o assunto, ela foi la e fez, e comunicou a eles que o nome escolhido para o bebê iria trazer muito azar e coisas negativas para a vida deles, foi ai que ela veio com uma conversa de colocar um outro nome que ela já havia escolhido, então ela insistiu que seria melhor e que eles deveriam aceitar.

PUBLICIDADE

Mas o que a sogra não conseguia entender, era que nem o filho e nem a nora, gostavam do nome que ela escolheu, e tentaram ao máximo deixar bem especifico que seria o que o casal tinha escolhido, mas mesmo assim ela continuou a insistir que seria o que ele havia escolhido, a partir daquele dia, ela começou a enviar sempre mensagens referente ao nome que ela havia escolhido, com as suas vantagens e tentando convencer o casal do quanto seria lindo e próspero o nome que ele havia escolhido para o bebê.

A insistência da sogra em relação ao nome, já estava insuportável a ponto do próprio filho dizer que concordava em pelo menos pensar na possibilidade de colocar o nome que ela queria no bebê, mas isso foi na intenção dela para de ficar perturbando eles, mas ao contrario do que eles acham, a mulher entendeu como um sim, ela havia pensando que eles haviam concordado e que colocaria o nome que ela escolheu.

Quando já estava perto do bebe nascer, os pais explicaram a avó que definitivamente seria o nome que eles escolheram, a sogra concordou, como ela era católica, sugeriu que o nome que ela escolheu fosse o de batizado do bebê, em um ato de desespero a mãe recusou, pois definitivamente ela não concordava.Quando chegou o grande dia do nascimento do bebê, a sogra foi ate a maternidade e fez uma oração na barriga da nora, e enquanto ela orava, chamava a criança pelo nome que ela tinha escolhido, naquele momento a mãe do bebê ficou muito chateada com a insistência da sogra, a mulher ainda pediu se podia ficar para oferecer sua bênção assim que a bebê saísse da barriga da nora, mas seu filho já sem paciência não concordou.

Logo depois que a bebê nasceu, o pai dela anunciou no grupo que havia apenas membros da família, e naquele momento a mulher não perdeu a oportunidade de comentar o nome do bebê, como ela não teve saída, resolveu juntar os nomes, mas deu preferência para o que ela tinha escolhido primeiro.

A mãe ficou revoltada com aquela situação, eles não conseguiam entender o porque dela está tão obcecada com aquele nome, e se ela gostava tanto dele, porque não colocou na filha dela, aquele era o momento deles, ela como mãe tinha o direito de escolher o nome da filha dela, do jeito que ela queria.

Essa historia dividiu a opinião dos internautas, que decidiram opinar no caso, comentando na postagem que eles deveriam falar a verdade no grupo da família, que eles deveriam deixar isso bem claro, postar no grupo desmentindo as palavras da sogra, não precisa falar diretamente que ela mentiu, mas usar umas palavras mais suaves e que não provoque a ira da sogra.

 

PUBLICIDADE

Escrito por Juliana De Oliveira

Redatora nas horas vagas, adoro escrever sobre famosos, notícias, culinária e assuntos diversos. Contato: [email protected]