Mãe de Youtuber é acusada de explorar a filha e causar ‘abuso psicológico’ na menina; Caso gera revolta

Mãe de 'Bel para Meninas' é acusada de obrigar a filha a gravar vídeos para Youtube e gerar abuso psicológico

Na última segunda-feira, uma grande polêmica se findou nas redes sociais. Muitos internautas questionaram os motivos pelos quais o canal ‘Bel para Meninas’ estava entre os assuntos mais comentados.

O apresentador Luiz Bacci também se intrigou com o fato e usou seu perfil, para entender o que estava acontecendo, e questionar porque tantos compartilhamentos nas redes sociais envolvendo a pré-adolescente e youtuber.

PUBLICIDADE

De acordo com informações, a polêmica começou após seguidores apontarem que a mãe da menina, estava fazendo algum tipo de ‘abuso psicológico’ contra a própria filha. O canal de Bel no youtube tem sete milhões de seguidores, a menina que atualmente está com 14 anos, posta conteúdos desde os 6 anos de idade.

Os vídeos mostravam mãe e filha fazendo penteados diferentes. A mãe da garota, identificada por Fran, também lidera um canal no site, ‘Fran para Meninas’, este tem 6 milhões de seguidores.

PUBLICIDADE

De acordo com os internautas, a pré-adolescente não estaria postando vídeos por sua própria vontade. Eles apontaram que ela estava pedindo “ajuda pelo olhar”, indicando que a mãe estaria obrigando a menina a fazer novos vídeos para o canal. Ainda segundo internautas, isto estaria afetando o psicológico da youtuber e da mesma maneira, afetando seu desenvolvimento.

No inicio, os vídeos do canal tinham como foco principal, a mãe de Bel, até que a garota protagonizou as cenas, mostrando suas coleções de bonecas e criando enquetes infantis. Agora, a menina está criando vídeos, onde tenta mostrar para Fran que ela cresceu e já é uma adolescente, que tem suas próprias vontades, mas a mãe não aceita.

PUBLICIDADE

O caso chegou a ser comparado com o de uma youtuber inglesa, chamada Marina Joyce. Em ambos houve uma investigação que não resultou em provas concretas e não deu em nada. Ainda assim, muitos estão certos de que a garota está sofrendo abuso psicológico e pedem que haja uma investigação profunda do caso.

Após ver o nome da filha nas redes sociais envolta a essa polêmica e ser apontada como suspeita de obrigar a filha a criar conteúdos novos e por isso causar um abuso psicológico na menina, Fran se manifestou em seu perfil nas redes sociais.

Ela declarou que enquanto muitos estão espalhando ódio gratuito, elas continuam acreditando na família e no amor e desejou que a felicidade delas cheguem até essas pessoas.

 

PUBLICIDADE

Escrito por Luh Me

Colunista de notícias, dedicada a Tv e famosos, notícias, entretenimento, saúde, receitas culinárias e curiosidades.