Mãe do jovem morto pela namorada em Aparecida de Goiânia, acredita que existiu a participação de uma terceira pessoa no crime:”era mais forte que a namorada”

Devido a uma briga, jovem acaba morto pela namorada em Aparecida de Goiânia, mãe diz que o filho era mais forte que a namorada, e pode ter uma terceira pessoa envolvida.

A mãe do jovem, que foi morreu no decorrer do ferimento de uma agulha de narguilé, acredita que pode existir uma terceira pessoa envolvida para cometer o crime. Mas segundo a investigação, até esta quarta (23), as autoridades apenas trabalham com a hipótese de ser a namorada Nicole Maria de 19 anos, ser a principal e única suspeita.

Segundo ainda o comunicado sobre o caso, o o crime ocorreu após uma saída, no qual a jovem não gostou. Segundo a mãe de Adilton, Maria das Gracas, o filho tinha uma estrutura maior que a namorada, no qual um desentendimento seria impossível, ele poderia a controlar com facilidade.

PUBLICIDADE

Mas ela também ressaltou, que irá passar esse comunicado para as autoridades, e pedir que seja feita uma apuração , também nesse fato.

“Alguém, teve que ajudar a completar o serviço. Apenas ela sozinha não iria conseguir. Meu filho era de porte forte. (A morte), teve ajuda de alguém”, disse ao G1.

PUBLICIDADE

O jovem, morreu nesta última sexta (18), na residencia da namorada. Após três dias, ela apresentou-se espontaneamente e sem companhia de um advogado, às autoridades. Ela alega ainda, que agiu apenas em legitima defesa, e acabou por sair em liberdade.

O G1, desde segunda (21), tenta obter uma entrevista com a suspeita, mas sem retorno até ao fim desta noticia. O delegado, também revelou que até ao momento a namorada do jovem identificou um advogado de defesa pro caso.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Escrito por Carla Sofia

Sou especialista em Receitas, dicas e saúde! Gosto sempre de estar atualizada de novas receitas e formas medicinais!