Mãe decide fazer doces para ajudar nas despesas de casa, e acaba sendo humilhada por causa de 2 reais

A mulher que vende doces, teria cobrado a taxa do motoboy, porém a cliente se recusou a pagar e começou as humilhações.

A situação que estamos vivendo não está nada fácil, os empregos tem ficado cada vez mais difícil de encontrar, quem é mãe sabe o quanto é preocupante o medo de faltar comida na mesa.

E por isso muitas pessoas acabam tentando arrumar uma maneira de poder trabalhar em casa mesmo, pelo menos para não deixar que falte nada em casa, principalmente para as crianças.

PUBLICIDADE

E quem passa por essa situação entende bem o que estou falando, Ângela Oliveira, de 27 anos, mora em Marília, ela é mãe e decidiu empreender em casa mesmo.

Infelizmente todos os meses surge a grande duvida, se ela continua a comprar os ingredientes para continuar trabalhando em casa, ou se compra alimentos para a família.

PUBLICIDADE

Ela começou a fazer doces em casa para vender, porém recentemente ela passou por uma situação muito desagradável com um de seus clientes, tudo por causa de 2 reais.

Ângela contou que a cliente teria a chamado por um aplicativo e encomendado um poto no pote no valor de 6 reais, porém era para ser entregue em sua casa, e por isso seria cobrado uma taxa de 2 reais.

PUBLICIDADE

Diante dessa informação a cliente reclamou da situação, e ainda disse que as vendas de dela não iria ir para frente se ela continuasse dessa maneira.

Ângela ainda tentou explicar a cliente que ela não poderia tirar o valor da entrega de seu bolso para poder pagar o motoboy, e mesmo assim a cliente rebate e diz que ela nunca irá para frente.

Veja abaixo alguns trechos da conversa:

Após a conversa, a mulher resolver desabafar nas redes sociais e contou que se sentiu muito humilhada pela maneira que a cliente a tratou, a sua postagem se repercutiu e acabou viralizando nas redes sociais.

 

Ângela desabafou e contou que não estava fazendo os  bolos por diversão e sim por necessidade, para garantir a comida na mesa das crianças.

Após a repercussão da historia da mãe confeiteira, os internautas resolveram criar uma vaquinha virtual para ela, com o intuito de ajudar Ângela a comprar mais ingredientes e pagar as contas que estão em atraso.

PUBLICIDADE

Escrito por Margareth Santos

Gosto de dedicar uma parte do meu tempo levando noticias e informações através de matérias relacionadas a tudo, inclusive de saúde, culinária, famosos e do mundo da maternidade.