Dupla de criminosos é presa após extorquir homens ao ameaçarem divulgar fotos íntimas

Criminosos agiam através da internet para atrair as vítimas dos golpes

Um homem e uma mulher acabaram sendo presos na cidade de Ribeirão Preto, em São Paulo. Eles são acusados de extorquirem homens através da internet. A chantagem acontecia logo após a vítima compartilhar imagens íntimas com a mulher pertencente a dupla criminosa.

Para atrair suas vítimas a mulher criava perfis nas redes sociais para poder achar homens que poderiam ser extorquidas facilmente. Após isso, ela conversava com estes homens até o ponto em que pedia para que eles lhe enviassem fotos íntimas e dava a entender que gostaria de se encontrar com eles.

PUBLICIDADE

A acusada propunha um encontro entre os dois que aconteceria no final de semana seguinte em que estivessem conversando, e pedia pela foto nua dos homens em questão. Para isso, ela também enviava uma foto sua nua, mas cortava a cabeça da imagem.

Em seguida, a mulher pedia para que os homens fizessem o mesmo que ela e lhes enviasse uma foto da mesma forma, no entanto, ela pedia para que eles enviassem uma foto onde aparecesse o rosto.

PUBLICIDADE

Apesar do pedido, ao receber fotos dos homens onde eles acabavam cortando o rosto das imagens, a mulher se mostrava desconfiada deles dizendo que eles estariam procurando as imagens de outras pessoas na internet para enviar para ela.

Cedendo às chantagens da mulher de enviar uma foto com o rosto aparecendo também, os homens acabavam enviando a foto nu onde o rosto era visível. Ao conseguir receber as imagens começavam a acontecer as extorsões por parte da criminosa.

PUBLICIDADE

Ela pedia uma quantia em dinheiro para os homens em questão, e caso não fosse atendido o pedido, ela declarava que iria expor as imagens íntimas deles na internet. Muitas das vezes, as vítimas procuradas por ela eram homens que eram casados e tinham filhos.

Sendo assim, os homens acabavam cedendo devido a ameaça de expor as fotos em que aparecem nus e isso prejudicar seu casamento e também a respeito de serem homens que possuem filhos.

Os criminosos foram localizados na Zona Sul de Ribeirão Preto, e em seguida foram levados para a delegacia onde optaram por esconder o rosto ao serem filmados pela reportagem do “Cidade Alerta” que estava presente no local.

De acordo com o delegado responsável pelo caso César Augusto de França, um advogado de Brasília foi até a delegacia alegando que seu cliente de Goiânia (GO) estava sendo vítima de uma mulher que conheceu através de um site de relacionamentos.

 

PUBLICIDADE

Escrito por Redator News Hero

Sou especialista em notícias da TV, fofocas de famosos e acontecimentos em geral. Também escrevo sobre acontecimentos no meio político.